domingo, 12 de outubro de 2008

Saudade

5 Comments

Saudade é má,
Quando aqui você não está.
É pontada dentro do peito,
E parado está o ponteiro.
Relógio parado no tempo,
Atormenta e atinge inteiramente o meu corpo.
A vontade de te ver só cresce,
E o meu coração se aquece.

Saudade é dor,
Quando é saudade de amor.
Os dias são agonizantes,
Para aqueles que contam os instantes.
As horas são contadas,
Desde que estou acordada.
Os segundos são mágicos,
De muito em breve tê-lo em meus braços.

Saudade é lembrança,
Daquilo que um dia foi esperança.
Um dia você estava aqui,
No outro você está aí.
Por que o amor traz saudade?
Eu te amei de verdade.
Como um sonho bonito você veio,
E se foi, levando meu coração por inteiro.

5 comentários:

Andrey 13 de outubro de 2008 00:11

Saudades...faz parte...o importante é saber que aconteceu, se foi bom ou não é consequência, é experiência é viver.
Aprender com erros e acertos e procurar sempre melhorar.
Tenha uma ótima semana.
bjo

Lory 13 de outubro de 2008 09:11

É Nathi... saudade é um sentimento complexo. Se existe a "saudade sofrida" é porque amor ali há, se lembramos só por lembrar... foi, passou.
Beijinhos, boa semana!!
Haaa, e tenho muitas saudades, hehehehhe... de verdade.

diego gianni 13 de outubro de 2008 16:43

Saudade, saudade...tema tão forte em textos e poemas tão lindos quanto este.
Você é alguém que desperta saudades, Nathi!
bjsssssss

Fran 15 de outubro de 2008 09:39

concordo... =D

Anônimo 20 de outubro de 2008 16:20

O melhor remédio para tentar amenizar essa dor, é tentar pensar que o tempo passa rapido e muito em breve voce voltara a ver essa pessoa.


Beijooos,
Saudades